Call to Action: o que é e como utilizar essa estratégia?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Imagem principal contendo título do post e uma grande ilustração de letras que formam "CTA"

A CTA ou Call To Action, em tradução literal, significa chamada para ação. E como a própria tradução já diz, a Call To Action é o momento em que você convida o seu leitor/consumidor do seu conteúdo a tomar alguma decisão. 

No processo de captação do cliente, é necessário que você sempre o esteja guiando e auxiliando em todo percurso, e é claro que nesse percurso um bom CTA fará toda a diferença, afinal de contas, você tá dando para aquela pessoa que te acompanha todos os indícios de que ela precisa dar o próximo passo. 

Se você se propuser a alguns minutos de reflexão, vai perceber que todos os dias, em tudo o que fazemos, temos contato com alguns CTA’s. Um exemplo clássico e fora do ambiente virtual: um adesivo “EMPURRE” disposto em uma porta!

Em resumo, As CTA’s auxiliam na tomada de decisões e indicam a melhor forma de agir em determinado contexto. Então se as CTA’s são assim tão importante e impactam tanto nas decisões tomadas pelo leitor, você precisa estabelecer uma boa CTA em todas as suas ações, seja por exemplo, em um blog ou até mesmo nos stories do Instagram. 

A Call To Action pode ser classificado como primária ou secundária, e existem diversos tipos que você poderá explorar de acordo com seu objetivo e a estratégia utilizada. Rola pra baixo e confere comigo! 

Ilustração de mulher para retratar o conceito de nota/classificação

Classificações de CTA:

Primária: 

A CTA primária é aquele que representa o objetivo final. Um exemplo simples de visualizar de uma CTA primário é o “Adicionar no Carrinho” em um e-commerce. 

Secundária: 

A CTA secundária tem a intenção de complementar o objetivo. Um exemplo simples e dentro do que citamos acima é oferecer produtos que estejam relacionados à aquele que a pessoa está vendo. 

Mulher morena sorrindo e apontando para baixo para contextualizar o subtítulo sobre tipos de Call To Action

Tipos de Call To Action:

É importante ressaltar que os exemplos utilizados acima servem apenas para ilustrar, não necessariamente as CTA’s serão utilizados com o objetivo exclusivo de vender, existem diversas finalidades e a escolha da CTA utilizado será de acordo com a sua estratégia. Abaixo você irá conferir alguns tipos de CTA que você poderá explorar!

Botão: 

Resolvi começar falando sobre o botão pois já cheguei a exemplificar acima. Os botões e a forma como são disponibilizados, o texto escolhido para eles, tudo isso impacta. Um botão se destaca imediatamente em relação a todo o texto da página e são bastantes utilizados em sites, landing pages e e-mail marketing, por exemplo.

Texto: 

Apesar do grande destaque dado aos botões, uma CTA em texto também tem o seu valor. Nas CTA’s em textos o ponto forte se encontra nas escolhas de palavras, são elas que encantarão o potencial cliente, então você precisa ser objetivo e convincente. Geralmente as CTA’s em textos são mais utilizadas em e-mails, por causa da maior limitação com o uso de recursos gráficos.

Banner: 

É comum você rolar os stories do Instagram, o feed, e até mesmo o feed do facebook e dar de cara um Banner/Flyer de algum negócio lhe convidando a fazer alguma coisa, né? Pois é, você acabou de dar de cara com uma CTA! Uma CTA em um banner geralmente é um pouco mais complexa, vem acompanhada de imagem/ilustração, algo que chame atenção para o texto, que é o foco principal. Por conta da complexidade, esse tipo de recurso é visto com mais frequência nas redes sociais.

Imagem de mão de um mágico para contextualizar o subtítulo seguinte

Não existe fórmula mágica! 

Não existe uma fórmula mágica para descobrir qual a melhor maneira de captar a atenção do seu potencial cliente, mas você precisa se esforçar, estudar seu público e é claro, realizar testes. 

Existem diversos momentos da sua estratégia em que você pode explorar a CTA, dois exemplos clássicos que são constantemente utilizados são o convite para assinatura de NewsLetter e convite para Download de ebook. 

A princípio você pode pensar: “Ah, mas isso não vai me fazer alcançar clientes!” Instantâneamente, de fato, você não irá conseguir clientes assim que inserir sua CTA, mas a longo prazo sim, afinal de contas, o seu potencial cliente estará consumindo conteúdo rico e tornando-se cada vez mais próximo e fidelizado a sua marca. 

Um outro exemplo completamente diferente do citado acima é explorar os CTA’s em stories do Instagram. Você pode brincar com o texto, convidar o seu expectador a acessar seu site por exemplo. E caso você tenha mais de 10.000 seguidores, será possível até mesmo colocar um link que irá direcionar a pessoa que clicar direto para sua página/site! Bacana, né?

Na hora de elaborar uma CTA é importante se atentar a todos esses detalhes, objetivos, quem é o público que você quer alcançar, qual a melhor forma de abordar esse público, etc. Marketing Digital não faz milagre, é preciso atenção, estudo e força de vontade!

Criamos um site rápido, bonito e fácil de mexer, para seu negócio ter presença digital!

Você precisa aparecer quando te pesquisarem, e ser superior quando te encontrarem. Fique um passo à frente dos seus concorrentes gastando pouco.

Veja algumas publicações parecidas

Gostou do conteúdo?

Se inscreva gratuitamente e receba dicas semanais!

newsletter ilustração

*enviaremos um e-mail semanal, nunca te enviaremos spam, pode ficar tranquilo!